Visualizações de páginas da semana passada

Sempre em aprendizado.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Tentando entender minha vida!

Olá queridas, tudo bem? Sim, eu estou bem mas não tanto quanto gostaria!! rsrsrs!
Ontem passei por pscologa, carrego comigo muitos traumas de infancia, meu relacionamento com minha mãe nunca foi dos melhores. Nisto meus irmãos são todos problemáticos e eu me preocupo muito com isso. Tenho muito medo de não conseguir construir uma relação boa com meus filhos também. Sei lá tentar entender melhor meus filhos para que isso não venha a acontecer. rsrsrsr!

Vocês podem se perguntar que tipo de relação era essa, mas são muitas coisas absurdas sabe? Tipo por exemplo: ela nunca me deixou ter amigos e quando aparecia alguém no portão querendo brincar comigo, ela só me deixava brincar com as grades no meio ( eu para dentro e meus amigos para fora do portão).

Nós apanhavamos por qualquer coisa, até se derrubasse um copo sem querer, e nem sempre batia de chinelo, as vezes era cabo de vassoura, correia de carro e assim por diante...nunca houve diálogo, nunca escutei um eu te amo...

Não sei o que vocês pensam, mas para mim isso marcou muito, me tornei uma pessoa muito amarga, insegura e isso só mudou quando me casei. Mas meus irmãos não tiveram a mesma sorte que eu e se perderam no mundo, hoje um está nas drogas, outra depois de fazer muitas coisas erradas se casou e está bem graças a Deus e o pequeno está fazendo tratamento com tarja preta.

Hoje eu procuro ter um relacionamento bom com a minha mãe, achava que tinha conseguido superar tudo isso, mas agora que meus filhos estão crescendo percebo que tudo está brotando como um vulcão, então acho muito importante procurar ajuda, assim meus filhos não terão que passar pelo mesmo que eu e meus irmãos passaram! 

Achei a pscóloga super bacana, disse que é uma coisa comum acontecer isso, devido ao trauma que tenho da minha mãe fico assombrada achando que minha filha vai passar pelo mesmo que passei, então preciso me libertar da minha história difícil primeiro para então começar a perceber que o meu relacionamento com minha filha não tem nada a ver com o relacionamento que eu tinha com a minha mãe. Achei a conversa muito boa e vou começar a fazer terapia uma vez por semana! Veremos do que vai dar! rsrsrsr!

Quanto a Ra, ontem terminei o dia bem, mas dona balança não está dando mole não! Não chegou nem perto do pesinho que eu queria ver. rsrsrsrs! Mas vou continuar lutando, ouvi muita gente dizer que os últimos quilinhos é mais difícil mesmo e estou preparada para batalha!

Hoje fiz minha atividade física e pretendo continuar fazendo, vamos ver se agora engrena outra vez! rsrsrsr!

Gente ontem vi o álbum de casamento de um sobrinho que se casou em dezembro/2010, eu estava enooorme que coisa mais feia! Em outubro casa minha outra sobrinha, é minha chance de fazer diferente, quero estar com 60 quilos até 22/outubro/2011. É uma questão de honrra!!! Rsrsrsr!!
Beijinhos para todas vocês e ótimo findes!!! Sem exageros heim?! rsrs!

20 comentários:

Vnardella disse...

O relacionamento com a mãe, bom ou ruim, marca a gente pra sempre...com a minha mãe não foi dos melhores, super rígida, batia também (isso acaba com a auto estima da gente)até na adolescência...ainda quando a gente é criança logo esquece, mas quando já é adolescente é muito sofrido...fiz muita terapia para poder entendê-la e amá-la e principalmente para sair do círculo vicioso de violência verbal e física(aí que mora o perigo)...senão hoje em dia o sentimento com certeza seria negativo e não de amor...

Rose Light disse...

Oi Amiga! Torço pelo sucesso com a terapia, ás vezes não percebemos mas traumas que nem reconhecíamos como trauma podem afetar diversos fatores de nossa vida.Menina, hoje vendo sua regüinha de peso é que percebi que sua luta começou em novembro...és uma guerreira mesmo, Parabéns!Beijinhos e obrigada pelo carinho de sempre.

Thássia S. disse...

Nossa, é muito difícil, mas por isso mesmo que você tem que manter a calma e tentar passar pro seu filho o que você acha certo e não o que viveu! Uma pessoa que tem Deus no coração é movida pelo amor e tenho certeza que esse é seu caso, neh!? bjks

* Nelisa Leite * disse...

Caramba florzinha... mas que barra foi sua infância, né??
Mas tenha fé que vc irá superar isso tudo e sua relação com seus filhos já é.. e será completamente diferente disso tudo que vc viveu!!

Sobre a RA... realmente.. os quilos finais são os mais dificeis... mas siga firme.. que em Outubro estará mais lindona ainda no álbum de casamento de sua sobrinha!!!

Bjuuuuuuuuuuuuss
Tenha um lindo fds!!!

Zana disse...

o bom disso tudo é que vc reconhece que precisa de ajuda e não tem vergonha de procurar por essa ajuda. parabéns!
beijocas e fica firme no findi!

mikaella disse...

eu conheci uma mulher q fez bem parecido com os filhos e o resultado foi o mesmo,muitos traumas e tudo mais,a terapia eh fundamental amiga,pois essa barra tem sr. peso no campo emocional da vitima.continue o tratamento e trabalhe sempre o perdao sobre o seu passado,diga sempre internamente,eu te perdoo por todo mal que vc me causou e te liberto....na verdade quem se liberta eh vc de agir assim...
acho q deu para entender ne...
bjos e bom fds!!

luciane zahra disse...

oi amiga, estive sumida( sem net) esses dias senti muita falta das amigas, mas agora estou de volta
deve ser muito difícil ter um relacionamento assim com a mãe, pois pai e mãe são sempre nosso porto seguro, e tenho certeza que vc será para seus filhos
bjuss fica com Deus e ótimo finde

Hyana disse...

Oi Meire é sempre muito bom vir visitar seu blog. So de se preocupar em não errar na educação dos seus filhos mostra que vc é uma boa mãe, espero que supere logo esse problema, um forte abraço

Dicas Femininas disse...

amei seu blog e estou seguindo me visite se gosta me segue beijos

http://rosanadicasfemininas.blogspot.com/

Carolina Carvalho disse...

amiga eu tambem ja tive uma fase nao muito boa com minha mãe ela nunca demostrava amor por mim, sempre me julgava, ou me agredia facilmente, mostrei que ela estava errada, e hoje mudou de verdade, sei que oque eu quero pro meus filhos é as coisas um pouco diferente, e você tem que fazer o mesmo com seus filhos, voce sabe oque é o melhor pra eles ! beijos e um otimo findi !

http://minhalutapeloemagrecimento.blogspot.com/

EU FAÇO MINHAS ESCOLHAS ! disse...

Meiro fico orgulhosa de vc estar buscando um caminho diferente do qual vc teve que trilhar para educar seus filhos com mais amor...
Sabe eu não acredito que sua mão não te amasse, talvez ela não souesse demonstrar ou então estivesse repassando o que havia recebido durante a vida, achando que era o único meio , ou o que seria certo...
Vc , mais informada e mais perspicaz conseguiu transpor essa barreira e acredito firmemente que seus filhos receberão uma educação diferente!!!!
Vc é muito corajosa por enfrentar esses fantasmas do passado amiga!!!!
Bjocas

Amanda Borges disse...

Olá flor
nossa que situação complicada hein..
mas isso que a psicóloga falou é bem verdade, não é porque aconteceu essas coisas na sua relação com sua mãe, que será assim com voce e sua filha.
Desejo sorte com a terapia e muita forçaa
beijoo

Nosso emagrecimento disse...

Amiga, super entendo vc, por conta dos traumas o medo de fazer igual esta presente, mas vc esta certissima de procurar ajuda e escrever a história de seus filhos diferente da sua,bjosss

Fáh disse...

Tudo vai dar certo vc já é uma boa mãe só de pensar que não quer o mesmo que aconteceu com vc para seus filhos se você sofreu não vai querer que seus filhos sofram também só de ter esta conciencia ja se ve que é uma otima mãe.. bjs e otimo finde.

Geovana Centeno disse...

oi minha linda, nossa que historia a tua, tua infancia não foi facil, agora entendi o porque do problema do teu irmão, eu creio que a mae é o esteio da casa, e se a casa não tem esteio, ela cai...mas tu é diferente dela, ate porque não vai querer ser igual com os teus bichinhos né, na minha casa nos sofriamos com meu pai, bebia quebrava tudo e dava na minha mae, e nem por isso ficamos como ele, graças a Deus, mas minha mae sempre foi o nosso esteio, sempre ficou do nosso lado, aguentou e tudo, por causa nossa,te falei que tenho uma irmã que é especial, pois é ela tem 37 anos é mais velha que eu, parece uma criança, minha mae é nosso orgulho, meu pai amo ele, mesmo ele sendo assim, sinto falta dele, pois se foi quando eu estava gravida, Deus que o julgue né....mas espero que essa terapia faça um bem enorme pra ti, gosto muito de ti, mesmo nós nao nos conhecendo, torço por ti e pela tua familia viu...beijocas e fé menina!

´´DIARIO DE MACHERRIE´´ disse...

sabe meire falou um assunto bem interessante .....vivo nisso entre a realaçao q tive com minha familia e a q queria ter com meus filhos
as vezes e complicado espulsar os fantasmas ,pq e muitos anos de convivencia .....mas tento a cada dia ser uma pessoa melhor corrigindo os erros q eles tiveram comigo
linda obrigada pelo apoio e tenha um lindo fds

Tamiris disse...

QUE BOM QUE ESTA PROCURANDO SUPERAR ISSO TUDO...
nossa não consigo nem imaginar como sua infância foi barra,até pq o relacionamento com mina mãe parece com o de uma amiga,nos confidenciamos e tals,mas força que Deus vai te ajudar a superar isso e ser feliz sem esse trauma do passado!

Dany Aoki disse...

oie, obrigada pelo carinho.
Nossa, imagino a sua trauma, então a sua mãe era muito brava né.
A minha mãe tb era brava, mas dialogava comigo.
Que bom que vc está indo na psicóloga.
Parabéns pela R.A., tenho certeza de que em outubro vc vai chegar no peso que vc deseja.
bjos.

Ana Paula disse...

Oi meire,
obrigada pela visita!!!!
depois vou postar minha dieta funcional no blog. Só pra começar a explicar cortei todo o açúcar, gordura, industrializados e alimentos com corantes.

Ieda Correia disse...

Oi Meire
Minha querida. Que lindo seria se a vida fosse perfeitinha, como imaginamos não é mesmo? Que lindo seria se as pessoas que amamos fossem exatamente da forma como imaginamos ser o melhor...Mas, não é assim, assim como nós também somos seres únicos e às vezes decepcionamos os outros...Por isso, o exercício do perdão e do recomeço deve ser diário. Sua mãe fez o melhor que ela podia naquele momento - acredite. Ela achava que estava fazendo o melhor protegendo vocês. Infelizmente, ela estava equivocada...Mas, graças ao nosso Pai Maior, você teve a oportunidade de ser mais esclarecida e seus filhos serão beneficiados em função disso. Não tenha medo de errar...Você está se esforçando para fazer o melhor e o erro, algumas vezes, faz parte do proceso. O importante é saber que Deus está ao seu lado! :)
Grande beijo e uma linda semana para você.


Ganhei da Nanda

ganhei da Lú e da Rose light

Ganhei da Aline e da Lú

Selinho da Aninha!

Selinho da Aninha!

Trocando experiências!!

Trocando experiências!!

Ganhei da Kekel

Ganhei da Kekel

Ganhei da Júuh

Ganhei da Júuh

ganhei da Dani e da Fith Light

ganhei da Dani e da Fith Light

ganhei da Manu

Ganhei da Carol

Ganhei da Carol

Ganhei da Fátima ( Blog Vida Nova 2011)

Ganhei da Fátima ( Blog Vida Nova 2011)

Recent Visitors